terça-feira, 20 de agosto de 2013

Recordações...

Ontem foi o 85.º aniversário da minha avó materna, que há uns anos atrás era dia de grande festa, reunião e até passeio de família.
O dia de ontem, as duas visitas que fiz à minha avó lembraram-me que a família se foi desfazendo, cada um para seu lado com os seus malditos rancores... O que antes era alegria e festa hoje não passa de conveniência e sorrisos falsos, um bom dia, boa tarde regado apenas com enorme indiferença!
A perda, ainda dolorosa, apesar dos cinco anos já passados... A saudade que aperta no peito e enche os olhos daquela "água" tão salgada, com um amargo sabor a mar.


Sempre que ouço isto lembro-me de ti avô (como se fosse possível esquecer-te)!