terça-feira, 20 de julho de 2010

Olá meu amor... (2)

Olá meu amor


Escrevo-te porque me faz sentir mais próxima de ti!

Tão próxima como naquele primeiro abraço, que foi o mais apertado que já demos. Um primeiro contacto surgido das palavras revelou-se num abraço muito desejado.

Anseio de novo esse teu abraço, o total enlace dos nossos corpos, para que a proximidade seja plena. Para que tu esqueças, mas principalmente eu, todas as decepções que tão surpresamente te tenho dado.

A volta continuamente adiada, a espera de uma decisão concludente, que te tenho praticamente recusado.

Sabes que o desejo de voltar para ti é enorme, que quase não cabe dentro de mim, mas percebes, talvez até melhor do que eu, o porquê de tanto adiamento.

Só quero que saibas o quanto o teu apoio durante estes meses foi importante, mostrou-me, ainda mais do que já sabia, que tu és o único que quero, para sempre, ao meu lado, sem ti nunca teria conseguido.


Amo-te muito
Sempre tua

P.B.

2 comentários:

Inaí Souza disse...

O amor. Responsável pela nossa força e fé no futuro! Parabéns pelo texto!

P.B. disse...

É bem verdade Inaí... O amor move-nos sempre!

Obrigada

Beijinhos