domingo, 31 de janeiro de 2010

Desabafo...


Hoje venho aqui para deixar um pequeno desabafo.


Porque apesar de estar disponível para quem quiser ler é o único sitio que sinto como meu aqui na Terceira.


É onde me sinto melhor, quase como se estivesse no meu quarto, onde posso fechar a porta a quem não quero ver ou ouvir.


Estou farta de viver uma vida que não é a minha e ainda ter que adiar a minha, como se tivesse estagnado e não pudesse tomar decisões.


Estou cansada de não me poder refugiar no meu quarto e deitar-me à vontade na minha cama.


Estou triste por nem sequer poder descansar no teu abraço, nem deitar-me no teu colo.



Acho que a imagem se enquadra, afinal também estou a desabafar através das mãos! Encontrada no google!

4 comentários:

Ana disse...

Hoje em dia tem que ser assim, infelizmente.

É o país que temos e o governo que temos.

Força em breve tudo será melhor.

**laura** disse...

Minha querida,
hoje quando li o teu desabafo senti-me pequenina, inútil e impotente. Porque sei, consigo imaginar como te sentes mas depois, que posso eu fazer, além de compreender e melgar-te, com a esperança de que rias com os disparates e filmes desta tua amiga louca? Não posso ir aí buscar-te, não tenho a solução para essa situação... mas oh, se tivesse!! ... Sei o quanto é importante o espaço onde podemos sossegar, em tranquilidade e isolamento, e principalmente sei o quanto é fundamental "O" colo, aquele que tem de ser aquele e nenhum outro serve. Tu és corajosa e tens um coração altruísta do tamanho do mundo. Daqui deste lado do oceano mando-te toda a força! Estou a torcer para que tudo isso se resolva o quanto antes e possas voltar... sim, porque não é só o Márcio que tem saudades tuas! Eu também tenho, muitas saudades de te melgar o juízo.
Beijinhos, jeitosa :D

Márcio disse...

Podia vir aqui falar do texto, podia aqui falar do longo texto da Laura, podia até vir aqui falar sobre o facto de a Laura citar o meu nome...
... contudo só venho reclamar o facto de a mesma Laura, colocar uma expressão pela a qual ninguém tem que saber... Se o blogue dela tenciona de alguma forma ser 'autor desconhecido', utilizando um pseudónimo (tal como outros fazem), é para não saberem dessas coisas. Caso contrário, colocaria fotos de vez em quando... pois uma imagem vale mais do que mil palavras.
Tenho dito, ah! E já agora, AMO-TE MUITO P.B.

→a' disse...

Força!!!