sábado, 12 de abril de 2008

A nossa música



Sei de cor


cada traço do teu rosto,


do teu olhar


cada sombra da tua voz


e cada silencio,


cada gesto que tu faças,


meu amor sei-te de cor





Sei cada capricho teu


e o que nao dizes


ou preferes calar,


deixa-me adivinhar


nao digas que o louco sou eu


se for tanto melhor


amor sei-te de cor




Sei porque becos te escondes,


sei ao pormenor


o teu melhor


e o pior


sei de ti mais do que queria


numa palavra diria


sei-te de cor.




Sei cada capricho teu


e o que nao dizes


ou preferes calar


deixa-me adivinhar


nao digas que o louco sou eu


se for tanto melhor


amor sei-te de cor




Sei de cor


cada traço do teu rosto,


do teu olhar


cada sombra da tua voz


e cada silencio,


cada gesto que tu faças


meu amor sei-te de cor

4 comentários:

Márcio disse...

Nem sei o porquê disto... :) Tão pouco o seu significado...

És uma fofinha! És a pessoa mais querida deste mundo...

Amo-te muito!

L. C. disse...

Eu também gosto muito desta música... mas lembra-te que não podemos saber de cor aqueles que amamos... o bom é que cada dia eles nos possam surpreender (e vice-versa) cada vez mais e dar mais sentido à construção de um caminho de mãos dadas...

E pronto, já passou a minha veia de reflexão :P

**

blueminerva disse...

É uma grande letra sim senhora.
Um abraço

White_Fox disse...

Paulo Gonzo no seu melhor! Eheh