terça-feira, 16 de outubro de 2007

Diz-me...

Porque é que não consigo ficar zangada contigo?
Porque é que cada vez que me desiludes eu fecho os olhos e perdoo?
Porque é que face ao teu desprezo crescente também o meu amor cresce?
Porque é que só me lembro do que tens de bom e me esqueço sempre do que há de mau em ti?


Porque não me amas como eu te amo?

Consegues responder a todos os meus porquês?
Tira-me então estas dúvidas...

Sem comentários: